O que fazer com estoque parado?

O que fazer com estoque parado?

A pandemia mudou a vida de todo mundo. A necessidade de deixar todo mundo em casa para evitar a contaminação impactou diversos setores da economia que, prejudicados pelo isolamento social, precisaram se adaptar e reinventar. Entre os empreendimentos que fecharam temporariamente estão os salões de beleza e clínicas de estética.

O Brasil tem passado por momentos de oscilações na abertura do comércio, variando de região para região, conforme a pandemia é contida ou não. Quando os indicadores de monitoramento estão estáveis em um município, as autoridades liberam o funcionamento do salão ou clínica; mas, se o nível de contágio aumenta, decidem pelo fechamento da cidade como um todo. 

Por mais que essa seja a medida certa para o momento, o abre-e-fecha acaba desregulando a rotina de compra dos produtos de beleza.

Hoje, muitos cabeleireiros e esteticistas estão com seus estoques parados em função do isolamento social. Isso causa um enorme prejuízo: além de não poder trabalhar e usar os produtos nas clientes, corre-se o risco de ver o estoque perder a validade, fazendo valer a expressão “dinheiro jogado fora”.

Será que dá para reverter essa situação?

Dicas para gerenciar o estoque parado

A verdade nua e crua é: não tá fácil para ninguém! E, no meio desse turbilhão de coisas acontecendo, muitos profissionais não sabem ao certo o que fazer com os produtos que estão parados nas prateleiras. 

A gestão de estoque é um assunto crítico em vários segmentos e pede muito planejamento dos empreendedores para o controle de solicitação de novos produtos. Como a pandemia pegou todo mundo de surpresa, o momento é de calma e de tentar resolver a situação da melhor forma possível.  

Hoje vamos listar algumas dicas para que você possa gerenciar seu estoque parado e evitar prejuízos.

Faça um levantamento de tudo que você tem

Essa primeira ação é um pouco mais trabalhosa, mas não tem como fugir dela. Então, reserve um tempo, arregace as mangas e mãos à obra.

Verifique as quantidades de tudo o que você tem e separe os itens por marca e forma de uso. Por exemplo: 4 embalagens de shampoo da linha SOS Louros da Mutari, 2 vidros de emulsão reveladora Collori e 15 frascos de óleos preciosos.

Em seguida, separe os produtos usados dos novos e registre em uma planilha a data de validade de cada produto. Essa avaliação é muito importante para que você determine qual item precisa sair primeiro.

Controle suas demandas

Mesmo em um período de tantas incertezas, sua gestão não pode parar. Por isso, tenha em mente as potenciais demandas para os próximos meses. Mais do que ninguém, você conhece sua clientela e sabe das necessidades futuras. Caso haja necessidade, planeje compras menores ou apenas faça reposições de produtos que estejam acabando.

Planeje suas ações

Após fazer todo o levantamento do estoque é hora de planejar suas ações. Nesse sentido, avalie as estratégias capazes de dar vazão aos produtos parados, seja em promoções, sorteios ou pacotes específicos. Não existe receita de bolo para isso; é olhar o que você tem, analisar a sua clientela e vislumbrar o que pode ser feito.  

Para avaliar bem o contexto, considere o que pode ser vendido mais rapidamente e em quais produtos cabe a aplicação de um bom desconto, de forma a atrair o comprador. Outro ponto importante é pensar em canais de divulgação. As redes sociais costumam ter um ótimo engajamento e atrair possíveis clientes para as suas vendas.

Dependendo da quantidade de estoque parado, você pode fazer vendas online e apostar no frete grátis a partir de um determinado valor de compra. Porém, é preciso tomar cuidado com esse tipo de promoção, pois a isenção da taxa pode atrair muitos compradores, mas é preciso fazer os cálculos para saber se essa transação vale a pena.

Negocie com o fornecedor

Caso necessite fazer novos pedidos, negocie com o fornecedor os prazos de pagamento. Muitos estão abertos à negociação, inclusive trocando produtos ou oferecendo descontos para a reabertura dos salões e clínicas de estética. 

A Mutari, por exemplo, é uma indústria que tem essa abertura com seus representantes de vendas e compradores finais, sejam cabeleireiros ou esteticistas. O importante é entender o momento e chegar a uma saída viável para todo mundo, já que a luta contra as crises econômicas agravadas pela pandemia é conjunta.

Se os seus estoques estão parados, coloque as sugestões desse texto em prática para testar o que é mais assertivo ao seu empreendimento. Não se esqueça de apostar na sua criatividade para vender os produtos, principalmente os que estão mais próximos de vencer. 

Precisando repor itens? Venha fazer uma visita à loja online da Mutari e aproveite as promoções que pensamos especialmente para você.

Deixe uma resposta