Salões reabrindo pedem novo olhar sobre gestão

Salões reabrindo pedem novo olhar sobre gestão

A gente sabe que o momento é crítico. A pandemia do novo coronavírus pegou todo mundo de surpresa, fechando vários segmentos de negócio, inclusive o dos salões de beleza e clínicas de estética. 

Entre as aberturas e fechamentos de cidades, uma questão comercial veio à tona: como manter a gestão de estabelecimentos que estão impedidos de abrir? 

Por mais que a situação ainda esteja muito difícil, a boa notícia é que, com a vacina, as coisas tendem a melhorar, fazendo com que aos poucos a rotina volte ao que estão chamando de “novo normal”.

De qualquer forma, o cenário não vai ser o mesmo, exigindo dos administradores um novo olhar sobre gestão de pequenos e médios negócios. Por isso, é importante se preparar para a reabertura de salões de beleza e clínicas de estética, levando em consideração, também, o respeito às normas sanitárias orientadas pela OMS.

Veja algumas sugestões de gerenciamento para a reabertura de salões de beleza após a pandemia:

Envolva os colaboradores na preparação do salão 

Os colaboradores são fundamentais para o sucesso de qualquer negócio. Por isso, não só os envolva na abertura do salão, como também na conscientização das medidas sanitárias imprescindíveis ao momento. 

Afinal, de nada adianta receber os clientes em seu salão sem o mínimo cuidado para garantir a integridade de saúde de todos – equipe e público. 

Se possível, ofereça equipamentos de proteção individual aos colaboradores e oriente-os sobre a maneira correta de usá-los, já que uma máscara no queixo e nada é a mesma coisa. 

É importante lembrar que os profissionais da beleza lidam com os clientes de maneira muito próxima, seja para cortar, fazer as unhas ou tratar os cabelos e a pele. Então, esteja preparado e tenha no salão os seguintes procedimentos:

Uso de máscara

O uso de máscara deve ser adotado por todos os funcionários do salão de beleza ou clínica estética. Ela deve ser usada o tempo todo e retirada apenas para fazer refeições, em lugar adequado para isso.

O ideal é fazer uso de máscaras descartáveis, que devem ser trocadas a cada 3 horas ou menos, em caso de mais umidade do material. Caso a máscara seja reutilizável, ou seja, de pano, o procedimento é o mesmo: troca a cada três horas, lembrando que elas devem ser lavadas com água, sabão e água sanitária antes do reuso.

Álcool Gel 70%

O álcool gel 70% deve estar disponível em todo o ambiente de trabalho, não só para os clientes, mas para os funcionários. Ele é a forma mais segura de limpeza e desinfecção de equipamentos após serem utilizados.

De forma geral, os principais cuidados são:

  • As mãos devem ser lavadas constantemente, mesmo que a pessoa esteja fazendo uso de luvas;
  • Lave e desinfecte jalecos descartáveis e uniformes;
  • Assim que chegar ao salão, troque a sua roupa por uma específica para o atendimento;
  • Roupas utilizadas no trabalho devem ser transportadas em um saco plástico fechado; 
  • Evite trabalhar portando anéis, brincos, pulseiras e outros tipos de acessório.

Limpe o ambiente de trabalho

Por conta da pandemia, os salões de beleza ficaram fechados por muito tempo. Para evitar qualquer desgaste, promova uma boa limpeza no imóvel antes da reabertura, utilizando álcool gel 70% ou solução com água sanitária na proporção de 250ml para um litro de água.

Limpe o chão, os móveis e as superfícies, como bancadas, prateleiras, armários e até mesmo os produtos que estão expostos. Abra bem as janelas para facilitar a circulação de ar e, se possível, retire tapetes, almofadas e qualquer objeto de decoração que dificulte a higienização.

Tenha estratégias de atendimento

Uma das formas de transmissão do vírus é através de pequenas gotículas que saem do nariz ou da boca. A melhor forma de evitar isso é proibir as aglomerações. Por isso, ao reabrir seu salão de beleza, tome medidas que evitem a formação de filas. Deixar clientes esperando, mesmo dentro do ambiente, também não é uma boa ideia.

O mais indicado é atender uma pessoa por vez, marcando os horários com intervalo de 20 a 30 minutos entre os clientes. Isso não só ajuda a evitar aglomerações como proporciona tempo para a limpeza de tudo que foi usado.

Caso não seja possível, mantenha a distância de no mínimo dois metros entre as pessoas que estão recebendo o atendimento.

Estabeleça regras para os clientes

As regras para o combate à Covid-19 são para todo mundo, e os clientes não podem ficar de fora. Por isso, ao agendar o atendimento, deixe claro protocolos utilizados no salão, como:

  • Higienização dos pés e das mãos ao chegar no estabelecimento;
  • Uso de máscara durante todo o tempo dentro do ambiente; 
  • Evitar levar acompanhantes;
  • Evitar usar celulares e objetos pessoais;
  • Pagar de preferência com cartão para evitar contatos com o dinheiro;
  • Ao menor sinal de sintomas de gripe, desmarcar o atendimento e permanecer em quarentena, conforme orientação médica.

O momento é delicado e merece comprometimento de todos. Na reabertura do seu salão é fundamental tomar ações que impeçam que o vírus não se espalhe, protegendo a saúde de funcionários, clientes e fornecedores. É também o momento de lançar um novo olhar sobre a gestão, estabelecendo novos padrões de trabalho, movimentação de estoque e possibilidades diferenciadas de atendimento. 

Não se esqueça que qualquer salão de beleza, para ter sucesso, precisa investir em bons produtos e atendimento de qualidade para ter retorno financeiro.

Além de manter todas as regras sanitárias, busque aperfeiçoamento na sua área e estreite o relacionamento com fornecedores confiáveis, como a Mutari. Precisando de alguma coisa, é só entrar em contato com a gente!

Deixe uma resposta