Você sabe se proteger da luz digital?

Você sabe se proteger da luz digital?

No Brasil, o câncer de pele é um tipo muito comum da doenca e pode atingir pessoas de diversas idades. E, em um país tropical como o nosso, filtro solar deve ser prioridade.

Ao contrário da ideia popular que o protetor solar deve ser utilizado somente na praia ou piscina, a pele precisa de proteção diária e constante. Inclusive dentro de casa – e principalmente para se proteger dos raios ultravioletas provenientes do sol, e também, da luz digital  que é a segunda maior frequência de espectro visivel. Ela atravessa a pele e alcança até a superfície subcutânea contribuindo para o envelhecimento precoce podendo causar rugas e manchas de pele.

O uso desse produto protege a pele dos raios UVA e UVB.

Os raios UVA atingem a derme e são os maiores responsáveis pelo envelhecimento acelerado e câncer de pele. Já os raios UVB têm menor penetração e atingem apenas a epiderme, causando vermelhidão, queimaduras e alergias, além de aumentar o risco de câncer de pele.

Mas não são só com eles que você deve se preocupar: os raios infravermelhos, presentes na luz digital, geram efeitos associados ao envelhecimento acelerado, como alterações na pigmentação, textura, rugas e outras imperfeições na pele.

Por isso..

… atenção à luz digital

A luz digital e de lâmpadas fluorescentes são capazes de produzir radicais livres, que provocam alterações nas células. Isso ocorre principalmente nas células da pigmentação, chamados de melanócitos, e nos produtores de colágeno e elastina, os fibroblastos.

Estudos comprovam que a luz emitida pelos aparelhos tecnológicos, como notebook, smartphone, lâmpadas LED e tablets, causam problemas à saúde de quem os utiliza, a longo prazo.

Dentre os riscos à causados por esse tipo de iluminação podemos citar lesões no cristalino do olho, catarata, envelhecimento precoce da pele e aparecimento de rugas e manchas. Assim, tornou-se necessária a proteção contra a incidência da luz digital, também conhecida como luz azul.

Segundo estudos, cerca de 48 horas de exposição à tela do computador correspondem, mais ou menos, ao mesmo nível de exposição que você teria em aproximadamente 20 minutos no sol ao meio-dia.

Novidade importante da Mutari

A pele brasileira necessita de cuidados diários especiais e de ampla proteção. Pensando nisto, a equipe de Pesquisa & Desenvolvimento da Mutari se reuniu para criar um produto capaz de protege-la, além dos raios ultravioletas, também da luz digital.

Após diversos estudos sobre cosmética de tratamento, e o desenvolvimento de ativos tecnológicos, a Mutari formulou o FOTOPROTETOR ABSOLUT 360° FPS 35, com fórmula desenvolvida especialmente para a pele brasileira.

O Fotoprotetor Absolut 360° FPS 35 é leve e oilfree. Seu efeito mate oferece ampla e alta proteção contra os raios UVA e UVB, contra a luz azul e, ainda, reduz a produção de radicais livres. O produto contém Niacinamida, que previne o envelhecimento precoce e minimiza o surgimento de manchas, além de uniformizar o tom da pele.

Ele também é capaz de minimizar os danos mais profundos na pele, causados pelos raios infravermelhos, e é indicado a todos os tipos de pele.

Por esta razão, o Fotoprotetor Absolut 360° é um grande aliado na luta contra o câncer de pele e na prevenção do fotoenvelhecimento, devendo ser aplicado em ambientes externos e internos. A curto prazo, ele protege a pele de queimaduras e alergias solares e, a longo prazo, dos sinais do envelhecimento e câncer de pele.

Quer desfrutar de toda a proteção de um produto inovador, acessível e com eficácia cientificamente comprovada? Conte com a Mutari Pro Skin.

Temos certeza que nosso Fotoprotetor Absolut360° vai trabalhar pela sua pele de uma forma muito eficiente, pois foi feito exclusivamente para a pele brasileira;)

Deixe uma resposta